PUBLICIDADE

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Com depressão, Rodolfo, ex-parceiro de ET, trabalha na roça e luta para sobreviver

Rodolfo Carlos de Almeida, 45, ficou conhecido há alguns anos por conta do seu trabalho na TV ao lado de Cláudio Chirinian, apelidado de ET e que faleceu em 2010 Sem emprego há mais de um ano, o jornalista foi tentar a vida na roça, onde ajuda um amigo no cultivo de hortaliças orgânicas em uma chácara na Grande São Paulo.

“Estou trabalhando com a terra, pegando na enxada com orgulho. O SBT me mandou para a roça e eu gostei. Quando saio de lá, a tristeza chega”, alfinetou ele em conversa com o site “Notícias da TV”. “A minha saúde tá ruim, tô morrendo de tristeza. Meu pai está vencendo um câncer e temos poucas condições financeiras. Estou desesperado. Minha vontade é de me acorrentar na frente do SBT para protestar e chamar a atenção de Silvio Santos”, disse o famoso que processa a emissora desde 2009 por direitos trabalhistas.

Após deixar o canal, Rodolfo conseguiu apenas participar esporadicamente de algumas atrações na TV, caso do programa de Gugu Liberato, 57. “Fiz mais de 30 exames, não tenho nada. O Gugu me pagou todos exames. O médico falou que estou com vermes. Minha doença é depressão”, comentou ele que espera ganhar o processo para investir em agricultura. "Há anos decidi trabalhar com a terra para plantar orgânicos. Espero receber daquela empresa e investir nisso. Um amigo engenheiro agrônomo me dá aulas. Vou trabalhar na terra, já que ninguém quer fazer isso", declarou Rodolfo.

MELHORES DO ANO DO OS DONOS DA BOLA