PUBLICIDADE

sexta-feira, 24 de março de 2017

Morre o terceiro paciente com suspeita de febre amarela no regional de Santarém.

Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém

Morre o terceiro paciente com suspeita de febre amarela no regional de Santarém. 

Infelizmente veio a óbito na noite de quarta-feira(22)  o terceiro paciente que estava internado no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, com suspeita de febre amarela. O jovem Carlos Alessandro Pereira, de 23 anos, morador da comunidade Bom Jardim, no município de Alenquer. Desde último sábado(18), Carlos estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Antes já haviam falecido outras duas pessoas com a suspeita de febre amarela, duas crianças uma de 11 outra de 10 anos de idade as duas vindas do município de Alenquer, no oeste do Pará. 
Em Altamira no ultimo dia (22) um macaco foi encontrado morto numa chácara a 2 km do centro da Cidade. Moradores da chácara acreditam que o primata pode ter morrido envenenado mas não escondem o medo do animal ter morrido com a febre amarela.  

A SESPA vai encaminhar o macaco para exames em Belém, o resultado deve sair em dez dias, os moradores da área onde o animal encontrado serão vacinados. 
febre amarela silvestre é transmitida através da picada de mosquitos Haemagogus e Sabethes, que vivem em matas e vegetações à beira dos rios. Quando o mosquito pica um macaco doente, torna-se capaz de transmitir o vírus a outros macacos e ao homem.



MELHORES DO ANO DO OS DONOS DA BOLA