segunda-feira, 17 de julho de 2017

Supermercados reclamam da concorrência desleal de atacarejos


Alguns atacarejos (como são conhecidos os grandes supermercados que comercializam produtos tanto no atacado como no varejo) em operação no Pará estariam recebendo vantagens tributárias ilegais e, com isso, praticando preços consideravelmente mais baixos, provocando concorrência desleal com supermercados locais.

A denúncia foi feita na última sexta-feira (14) por representantes do setor supermercadista ao Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), que vai apurar o caso.

Em reunião na sede do MPPA, em Belém, com o procurador-geral de justiça do Pará, Gilberto Valente Martins, representantes da Aspas (Associação Paraense de Supermercados) e da Adapa (Associação de Distribuidores e Atacadistas do Estado do Pará) disseram que grandes grupos comerciais sediados em outros Estados estão operando no Pará com benefícios fiscais irregulares, como a isenção de recolhimento de ICMS, o imposto que incide sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação.

ARRECADAÇÃO
De acordo com Paulo Oliveira, diretor do grupo Formosa, que controla supermercados e outros empreendimentos no Pará, “com os benefícios irregulares o Estado do Pará estaria deixando de arrecadar cerca de R$ 300 milhões por ano”.

O assunto já foi tratado com representantes do Governo do Estado. Os representantes do ramo supermercadista querem mudanças legislação estadual para que os benefícios fiscais sejam isonômicos e permitam a concorrência leal no setor.

O procurador-geral Gilberto Martins ouviu as manifestações dos empresários e anunciou que a Promotoria de Justiça de Crimes contra a Ordem Tributária vai se reunir com a Secretaria Estadual da Fazenda, Procuradoria-Geral do Estado e Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia para tratar sobre o assunto.

Fonte: Diário do Pará com informações do MPE

domingo, 16 de julho de 2017

Após cometer homicídio trio é interceptado pela polícia durante a fuga


Neste Domingo (16) três indivíduos cometeram um homicídio a sangue frio no ramal dos cocos, os três chegaram em uma chácara com a desculpa de que queriam algumas informações, mas na verdade os mesmos estavam em uma missão de executar um dos ocupantes da chácara, logo que tiveram a oportunidade não deu outra, vários tiros foram disparados contra a vítima que veio a óbito no local.

Rapaz morto na chácara pelos ocupantes do gol branco. 


Apôs cometerem o crime o trio saiu em fuga no mesmo carro que chegaram no local, um gol de cor branco, familiares da vítima acionaram o 190 e passaram as características do carro e dos bandidos, uma viatura que estava mais próxima logo se dirigiu para o local, onde de repente acabou cruzando com o tal gol branco, iniciou ai uma perseguição, os bandidos abriram fogo contra a polícia que de imediato fez o revide e solicitou reforço, mais duas viaturas se dirigiram para a perseguição que continuou, na troca de tiros os policiais bem preparados para a situação conseguiram atingir o motorista de fuga, os outros dois elementos então adentraram na mata, logo chegou o reforço e em seguida uma viatura do corpo de bombeiros para dar atendimento ao meliante baleado, bandidos em fuga polícia no rastro, bala zunindo no ouvido pra lá e pra cá, e ao final foi os dois meliantes alvejados e mortos.

Ocupantes do gol branco alvejados em troca de tiro. 


A polícia manteve o local protegido até a chegada da perícia PC e IML que fez a remoção dos corpos. Ainda não tivemos informações dos nomes dos envolvidos. O piloto de fuga baleado se encontra internado ele será peça chave na resolução desse caso e vai dizer o motivo de ter ido juntamente com os comparsas tirar a vida do rapaz na chácara.

São Matheus vence nos pênaltis e se consagra campeão no poerão master 2017

Neste domingo (16) aconteceu a final do campeonato do Poerão máster 2017.
Jogadores do São Matheus recebem troféu apos a vitoria nos pênaltis. 

No master apenas jogadores acima de 35 anos são permitidos, o campeonato já é tradição, a mais de 15 anos é realizado em Altamira com a organização sempre dele Luciano Soares o popular Lulu, que também conta com a ajuda de seu filho Lucivan Soares e de alguns árbitros da federação municipal. Esse ano o dono do apito na final foi Fabiano dos Correios. 
Arbitro da final Fabiano dos Correios. Apitou sem complicações e polemicas. 

As torcidas das duas equipes compareceram em peso, personalidades e ex atletas amadores da cidade também prestigiaram mais uma final. 

Muita resenha a beira do campo.   

Na final Alô Pará e São Matheus se enfrentaram em um jogo emocionante que acabou empatado em 2 a 2 no tempo normal, o Alô Pará chegou a abrir 2 a 0 mas cedeu o empate e o título teve que ser decidido nos pênaltis, nas penalidades melhor para o São Matheus 5 a 4, o time campeão levou 2 mil R$ em premiação alem de medalhas e troféu.
Disputa por pênaltis. 


O jogador Dalmir que bateu a última cobrança falou com nossa equipe “Primeiramente agradeço ao incansável Lulu como organizador do campeonato, parabenizo o nosso técnico Edson que não mediu esforços para trazer o time até a final e também a nossa equipe que mesmo saindo atrás não desistiu conseguimos o empate e nos pênaltis conseguimos a vitória” Falou o atleta.
Atletas e dirigentes recebendo premiação e troféu. 


Segundo informações do organizador do campeonato Lulu, em setembro iniciará o campeonato principal no campo do Poerão, novamente a competição será no campo anexo ao campo principal do estádio Bandeirão.    

Veja mais fotos. 





Agito Geral ATM de segunda a sexta ao vivo na Cidade FM das 17:00 às 19:00 horas. Siga nossa pagina no Facebook ( Ícone no canto superior esquerdo da pagina).