quarta-feira, 4 de julho de 2018

Youtuber Cocielo pede desculpas pela 'ignorância'. Assista!


O youtuber Cocielo, que ficou se viu envolvido em uma polêmica após publicar um comentário considerado racista por muitos internautas durante o jogo Argentina vs França, pela Copa do Mundo, divulgou um pedido de desculpas a todos que tenham sido ofendidos pela “brincadeira”.

O vídeo, publicado na noite desta quarta-feira (4), tem cerca de seis minutos e Cocielo faz algumas observações sobre o episódio.
O youtuber admite ter errado e pede perdão por sua “ignorância”. No final, ele agradece a todos que ensinaram pra ele o que é o racismo.

Veja o vídeo:


Fonte: (DOL)




Agito Geral Oferecimento ToppNet Provedor de Internet! Novo Numero Ligue e solicite seu orçamento. 




Dupla tenta assaltar ônibus em Ananindeua, mas se dá muito mal

Corpo do assaltante permaneceu dentro do veículo até a chegada dos peritos (Foto: Antônio Melo/Diário do Pará)
Uma dupla de criminosos tentou assaltar um ônibus na noite desta quarta-feira (4), em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, e acabou levando a pior desta vez: um foi morto e outro detido dentro do veículo, que fazia a linha Marituba/UFPA. 
O crime aconteceu em um trecho da BR-316 próximo do viaduto de Ananindeua. Segundo relatos, os dois assaltantes aproveitaram a escuridão do trecho para anunciar o crime, no entanto, havia um agente militar a paisana entre os passageiros.
O policial aguardou o momento correto e atirou contra o criminoso armado, matando-o na hora.
Desarmado, o outro assaltante ainda tentou fugir pela janela do coletivo, entretanto foi agarrado pelos próprios passageiros.
Fonte: (DOL)

terça-feira, 3 de julho de 2018

Atenção Condutores BR230 Segue Bloqueada



O protesto que interditou a Rodovia Transamazônica, no km 130 entre Medicilândia e Uruará, continua. Indígenas Arara e Curuaia, da Aldeia Cujubim mantêm o bloqueio há quase 32 horas. 

Com pedaços de madeira, e veículos, os índios impedem a passagem de carros de passeio, caminhões e ônibus. Apenas viaturas dos bombeiros, polícia militar e rodoviária federal e as ambulâncias têm autorização para passar. 

Na manhã de hoje (03) eles liberaram a passagem dos carros por quase duas horas, mas o trecho voltou a ser bloqueado. O protesto tem como pauta de reivindicação uma lista de ações que não foram cumpridas pelo Dnit, Ibama, Funai e a empresa Norte Energia, que incluem a demarcação de terras, retirada de não-índios de áreas indígenas, e a conclusão de projetos estruturantes. 
Para evitar conflitos, a polícia conseguiu negociar uma liberação parcial, que acontece a cada duas horas.

Fonte: Karina Pinto | Xingu230.com