quinta-feira, 19 de julho de 2018

'Dr. Bumbum' é preso em centro empresarial no Rio de Janeiro



Foi detido, na tarde desta quinta-feira (19), o médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Dr. Bumbum. Ele era procurado pela morte da bancária Lilian Calixto, após um procedimento estético chamado de bioplastia. O acusado foi preso dentro de um centro empresarial na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, após a polícia carioca receber informações do Disque-Denúncia.
O médico estava foragido desde o domingo (15). Ele está sendo encaminhado para a 16ª DP (Barra da Tijuca). A mãe do médico, Maria de Fátima Barros Furtado, ainda está foragida. Os dois são suspeitos de envolvimento no procedimento que causou a morte a bancária Lilian Calixto, de 46 anos.

A namorada do Dr. Bumbum, Renata Fernandes Cirne, de 19 anos, foi presa no domingo, após a morte da bancária. Ela foi transferida na quarta-feira para o presídio de Benfica. Ela também é acusada de ter participado do procedimento.
Nesta quinta-feira, o Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) cassou o registro do médico em um processo ético-profissional. A decisão ainda deve ser submetida ao Conselho Federal de Medicina (CRM), e cabe recurso.
Em março de 2016, o “Doutor Bumbum” foi alvo de uma interdição cautelar para o exercício da profissão, a qual foi suspensa três meses depois pela Justiça. O CRM-DF informou que o processo é sigiloso e não deu detalhes sobre o caso. O médico também possui registro profissional no CRM de Goiás.
(Com informações do portal Extra)

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Radialista morre ao cair de brinquedo no Beach Park, na Grande Fortaleza




A vítima do acidente é o radialista Ricardo José Hilário Silva, 43 anos, natural de Sorocaba. Conhecido como Ricardo Hill, ele trabalhava como locutor da rádio Nova Brasil FM de São Paulo e estava de férias em Fortaleza. 

Segundo testemunhas, Ricardo desceu em uma boia junto com outras três pessoas por um toboágua. Na última curva do brinquedo, contudo, a boia ultrapassou a parede lateral de contenção e os quatro turistas foram arremessados para fora da atração. Ferido com o impacto, Ricardo morreu no local.


O acidente aconteceu no “Vainkará”, inaugurado no último sábado (14), após um investimento de R$ 15 milhões. O brinquedo, que seria a 19º atração do Beach Park, tem 150 metros de descida e paredes de 90 graus —trazendo a proposta de gravidade zero.


Em nota, o Beach Park lamentou a morte do turista e informou que está dando apoio e suporte para a família da vítima.


Após o acidente, o parque encerrou as atividades do “Vainkará”, que só voltará a abrir após perícia e apuração das causas do acidente. O parque não funcionará nesta terça-feira (17). 


A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará informou que a Perícia Forense foi acionada para realizar perícia técnica no brinquedo onde houve o acidente. Agentes da Polícia Civil também estiveram no local para dar início às investigações, que serão feitas pela Delegacia de Proteção ao Turista.


Radialista experiente, Ricardo Hill teve passagens em rádios da cidade de São Paulo e do interior do estado. Trabalhou nas rádios Metropolitana FM, Jovem Pan, Transamérica e Band FM de Sorocaba.

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO