quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Partida entre Remo e Tapajós é adiada até que laudo do Mangueirão seja concluído



Decisão é tomada em conjunto por Governo do Estado, Federação Paraense de Futebol e Remo em razão de queda de parte do teto do estádio. Venda de ingressos também é suspensa


O jogo entre Remo e Tapajós está adiado. A decisão foi tomada em conjunto por Governo do Estado, órgãos de segurança pública, Federação Paraense de Futebol (FPF) e Clube do Remo, que é o mandante da partida, em razão da queda de parte do teto do estádio. O duelo estava previsto para o próximo dia 20, pela primeira rodada do Campeonato Paraense. A nova data será definida pela FPF. Os demais jogos da rodada estão mantidos.
O Remo se pronunciou em uma rede social para explicar que a medida foi tomada de olho na segurança dos torcedores. A queda de parte do reboco do Lado A do estádio aconteceu na última segunda-feira e danificou alguns assentos das arquibancadas. O local estava vazio no momento do incidente e nenhuma pessoa se feriu.

Na manhã desta quarta-feira o Mangueirão recebeu a visita de uma delegação do Corpo de Bombeiros e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (Crea-PA), para avaliar os danos. Durante a tarde, foi a vez de uma comitiva formada pelo governador Helder Barbalho; o titular da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SEEL), Arlindo Silva; e o diretor de segurança da FPF, Coronel Cláudio Santos.
Ficou decidido que o duelo está adiado até a que seja concluído um laudo de análise estrutural do Mangueirão, cujo prazo máximo é de dez dias. Enquanto isso, o Remo suspendeu a venda de ingressos para a partida, mas informou que os bilhetes já vendidos continuarão valendo para o duelo contra o Tapajós, na nova data que será definida.

Com o Estádio do Baenão em reformas, o presidente do Remo já avisou que o clube não possui "Plano B" caso o Mangueirão fique inviabilizado para jogos. Neste momento, o único estádio da capital em condições de receber jogos do Parazão é a Curuzu, do rival Paysandu. Outra alternativa seria mandar suas partidas em algum estádio do interior.


terça-feira, 8 de janeiro de 2019

São Raimundo bate seleção Santarena por 2 a 0 em Amistoso Preparatório Para o Parazão 2019

Foto: Ronnie Dantas 
O São Raimundo fez seu primeiro amistoso, de sua pré-temporada na tarde desta terça-feira (8) e venceu a Seleção Santarena, por 2 a 0 , no Estádio Everaldo de Sousa Martins “panterão”, no bairro de aparecida.

O técnico Vladimir de Jesus não pode contar Rubran, Eusébio que vinham treinando no time titular, mas se machucaram e não tiveram condições de participar do jogo. O goleiro Jardel do plantel alvinegro foi cedido para Seleção Santarena neste amistoso.
O jogo valeu pelo resultado, atuação da equipe não agradou em vários momentos do jogo, mas o técnico Vladimir de Jesus acreditar que os erros serão corrigidos para uma melhor apresentação no próximo amistoso marcados para domingo.
O São Raimundo começou procurando gol, e achou logo aos cinco minutos, Rodrigo Vitor cobrou falta pela esquerda, colocando a bola na cabeça de Guilherme Moller que desviou no canto esquerdo do goleiro Jardel para fazer 1 x 0. A Seleção Santarena foi melhorando no jogo e poderia ter empatado aos 25 minutos quando Guilherme Moller derrubou Tartá na área , o árbitro marcou pênalti , mas João pedro bateu no travessão  do goleiro Jhones.
No segundo tempo o São Raimundo fez várias alterações e chegou ao segundo gol, cruzamento da direita e o atacante Raí desviou de cabeça para fazer 2 x 0.
São Raimundo 2 x 0 Seleção Santarena
Local: Panterão
Árbitro: Jailson Junior Vasconcelos
A1: Jeovan Parintins
A2:  Vicente de Paula
Renda: R$ 4.053
Pagantes: 800
São Raimundo: Jhones, Edson Pacujá, (Tiningú) Guilherme Moller, (Gabriel) Danilo Costa, (Charles) e Leandro Mendes; Ramon, (Iago Emanuel) Jeová, (Fernandes) Rodrigo Vitor, (Vagner) e Léo Santarém (Glauber); Erick, (Raí) Joãozinho. (Vanderley). Técnico Vladimir de Jesus.
Seleção Santarena: Jardel, Gabriel Tiningú, Thales, Gerson Cipoal e Englerson (Gunga): Kiko, (Gatinho) Adriano, Cabeludo (Alef) e João Pedro. (Lineker) Tartá(Yuri) e Rodrigão (Thiago Bala), (Mauryan). Técnico: Peninha Povão.